Conselho Regional de Química XII Região

Tendo em vista a divulgação de outros Conselhos Profissionais anunciando a vacinação de seus inscritos, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia – GO, o Conselho Regional de Química XII Região (CRQ-12) vem informar a seus profissionais as providências tomadas diante dessa situação:

No último dia 02, o CRQ-12 encaminhou ofício a SMS de Goiânia – GO, salientando que os profissionais da Química, desde o início da pandemia de COVID-19, sempre estiveram na linha de frente no combate à proliferação do vírus e em serviços essenciais, atuando de maneira ininterrupta em diversos segmentos para que os produtos não faltassem à população (área de saneantes, alimentos, produção de máscaras e kits de testagem, controle de qualidade – inclusive em indústrias farmacêuticas, gerenciamento de resíduos sólidos e líquidos, pesquisas relacionadas à COVID-19, tratamento de água potável para a população, entre outras atividades extremamente relevantes nesse contexto).

No mesmo ofício, solicitamos também, que fosse realizado tratamento isonômico em relação a parceria firmada com outros Conselhos, visando a vacinação dos profissionais da Química.

Com base em nossa solicitação, no dia 03/02, a Gerência de Imunização nos encaminhou a seguinte resposta, à qual segue o texto na íntegra:

“Informamos que devido à quantidade de doses de vacina contra COVID-19 destinadas ao município de Goiânia, bem como o estabelecimento de grupos prioritários no plano de imunização, neste primeiro momento as vacinas estão direcionadas àqueles trabalhadores da saúde que lidam diariamente com internações e/ou atendimento a pacientes suspeitos e confirmados desta infecção. Esta análise foi realizada com base nas notificações encontradas nos bancos de informações SIVEP-GRIPE e E-SUS VE. Ressaltamos que com a disponibilidade futura de uma maior quantidade de doses para este município esta estratégia será ampliada aos outros trabalhadores de saúde e demais grupos prioritários, de forma gradativa, no entanto ainda não é possível estabelecer prazos para esta ampliação já que não foi informado a previsão de chegada de mais doses. As estratégias estabelecidas serão repassadas aos interessados conforme ampliação.”

Assim, diante do posicionamento da SMS de Goiânia – GO em relação aos critérios estabelecidos para a disponibilização de vacinas, continuaremos atentos para que, de fato, o plano de imunização seja rigorosamente monitorado e cumprido, de forma que não haja grupos ou pessoas privilegiadas em detrimento dos grupos prioritários, dentre eles, os idosos e pessoas que apresentam alguma comorbidade.

Luciano Figueiredo de Souza

Presidente do CRQ-12