Conselho Regional de Química XII Região

Um conjunto de medidas de pesquisa e desenvolvimento e de combate ao mosquito Aedes aegypti e A�s doenA�as que ele transmite foi apresentado nesta quarta-feira, dia 10, ao ministro chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, pelos ministros da CiA?ncia, Tecnologia e InovaA�A?o, Celso Pansera, e da SaA?de, Marcelo Castro. A expectativa A� que o pacote seja lanA�ado pelo Governo Federal atA� o fim do mA?s.

As aA�A�es, adianta Pansera, passam por recursos para estudos perto de conclusA?o, estA�mulo a novas frentes de investigaA�A?o cientA�fica, cooperaA�A?o internacional, regulamentaA�A?o de leis recentes ligadas a ciA?ncia, tecnologia e inovaA�A?o (CT&I) e desburocratizaA�A?o de procedimentos. “VA?o da facilitaA�A?o para importar reagentes necessA?rios A� pesquisa na A?rea atA� medidas para garantir seguranA�a jurA�dica aos pesquisadores envolvidos, com a regulamentaA�A?o de artigos do Marco Legal de CT&I e da Lei de Acesso A� Biodiversidade”, explica.

“LanA�aremos editais para irrigar pesquisas que aprofundem o conhecimento sobre o tema e vamos encomendar diretamente aquilo que tem de mais concreto e que pode dar resultados, como vacinas”, diz o titular do MCTI. Ele lembra que a proposta se baseia nas reuniA�es promovidas pelo Governo, desde novembro, com cientistas e instituiA�A�es para sanar as lacunas de entendimento sobre a biologia do Aedes e sobre o zika vA�rus.

Pansera destaca a possibilidade de se chegar, num prazo relativamente curto, a uma vacina eficaz contra os quatro tipos de dengue. O conjunto de medidas discutido hoje inclui o trabalho conjunto com instituiA�A�es cientA�ficas da A?rea de saA?de dos Estados Unidos para essa produA�A?o. “NA?o existe ciA?ncia focalizada num A?nico paA�s”, pontua. “O Brasil tem acA?mulo nesse assunto e, conforme avanA�a o reconhecimento dos estudos realizados, institutos de outros paA�ses procuram os nossos para compartilhamento de informaA�A�es.”

AlA�m dos efeitos positivos para a saA?de pA?blica, o ministro ressalta a possibilidade de o PaA�s obter divisas com a exportaA�A?o da vacina para AmA�rica Latina e A?frica. “Em poucos anos esse retorno deve superar o investimento feito”, prevA?.

Fonte: MCTI.