Conselho Regional de Química XII Região

A ComissA?o TA�cnica Nacional de BiosseguranA�a (CTNBio) aprovou no dia 2, em BrasA�lia, a liberaA�A?o comercial de um produto terapA?utico para o tratamento de melanoma metastA?tico. Denominado talimogeno laerparepeveque, o organismo geneticamente modificado atua como antitumoral no organismo acometido por esse tipo de cA?ncer de pele.

“A� um produto para induA�A?o imunolA?gica contra o melanoma. A� alcanA�ado tendo como base o vA�rus atenuado causador de afta humana alterado geneticamente para nA?o continuar sua reproduA�A?o nas cA�lulas normais”, explicou a relatora do processo na CTNBio, PatrA�cia Machado, professora do Departamento de Biotecnologia da Universidade Federal do EspA�rito Santo (Ufes). “E nesse tipo de modificaA�A?o, o laboratA?rio tambA�m inseriu um gene que recruta as cA�lulas de defesa do organismo para facilitar o combate A�s cA�lulas tumorais do melanoma.”

O melanoma A� um tipo de cA?ncer de pele caracterizado pelo crescimento descontrolado dos melonA?citos (cA�lulas responsA?veis por fornecer pigmento para a pele). A� considerado a forma mais agressiva de cA?ncer de pele. “A� um cA?ncer muito agressivo com uma taxa de sobrevida pequena. E a maneira como a empresa conduziu essa modificaA�A?o genA�tica tornou o produto muito seguro. Esse produto jA? vem sendo utilizado em alguns paA�ses e, agora, eles querem trazer para o Brasil”, acrescentou.

O pedido de liberaA�A?o comercial feito A� CTNBio foi requerido pelo LaboratA?rio QuA�mico FarmacA?utico BA�rgamo.

Ao avaliar e aprovar a liberaA�A?o comercial de um produto, a CTNBio elabora um parecer que examina o risco associado aos OGM em relaA�A?o A� biosseguranA�a para o uso proposto. Em seguida, a empresa precisa requerer ao MinistA�rio da Agricultura, PecuA?ria e Abastecimento (Mapa) a autorizaA�A?o e o registro do item a ser comercializado.

A CTNBio A� uma instA?ncia colegiada multidisciplinar ligada ao MCTIC. Sua finalidade A� prestar apoio tA�cnico-consultivo e assessoramento ao governo federal para formular, atualizar e implementar a PolA�tica Nacional de BiosseguranA�a em relaA�A?o a OGMs, tambA�m conhecidos como transgA?nicos.

Fonte: MCTIC.